sexta-feira, 26 de agosto de 2016

ITR 2016 INICIA E PRAZO TERMINA 30 DE SETEMBRO

Relatório da MP que renegocia dívidas rurais é aprovado em comissão

Visitas: 972

Relatório da MP que renegocia dívidas rurais é aprovado em comissão
24/08/16 - 17:38 
Texto segue agora para análise do Plenário da Câmara dos Deputados
A Comissão Mista responsável pela análise da Medida Provisória 733/16, que autoriza a liquidação e a renegociação de dívidas de crédito rural, aprovou, nesta quarta, o relatório do deputado Júlio Cesar (PSD-PI). A MP recebeu 161 emendas. O texto segue agora para análise do Plenário da Câmara dos Deputados, devendo ser votado depois pelo Senado.
Alguns parlamentares, como os deputados Nilson Leitão (PSDB-MT) e Sergio Souza (PMDB-PR), chegaram a pedir vista do projeto (tempo para análise), mas foram convencidos a desistir, devido à proximidade do fim do prazo para votação do texto. O presidente da comissão mista, senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE), lembrou que, embora a validade da MP expire em 12 de outubro, a análise, pela Câmara, deve ocorrer até 21 de setembro.
A medida beneficia agricultores do Nordeste e aqueles inscritos em dívida ativa da União. A liquidação dos débitos pode atingir até 95% do total, a depender do valor originalmente contratado e do período de contratação. A repactuação das dívidas tem prazo de dez anos, carência até 2020, descontos diferenciados para quem pagar em dia e encargos financeiros variáveis de 0,5% a 3,5% ao ano, conforme porte e valor de contratação do financiamento. O texto também prorroga até 31 de dezembro de 2017 o prazo para inscrição no Cadastro Ambiental Rural (CAR).
Para o relator da MP, deputado Júlio Cesar, os descontos têm percentuais compatíveis com o porte e a capacidade de pagamento do produtor, e levam em conta as regiões mais atingidas pela seca.

SEMARH: Governo do Estado assina termo de cooperação com municípios beneficiados pelo PAT





Foto: Reprodução

Durante encontro realizado na semana passada, na Escola de Governo, a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH) firmou um termo de cooperação técnica com as prefeituras dos municípios beneficiados pelo Programa Água Para Todos (PAT) para gestão das tecnologias que serão entregues às comunidades.
A Secretaria, por meio da sua equipe de mobilização social, também vai criar as comissões comunitárias, antecipa informação da assessoria de imprensa do Governo do Estado.
Elas serão formadas por seis pessoas da comunidade beneficiada, eleitas pelos próprios moradores, e que terão a responsabilidade de operar e administrar os sistemas e mobilizar a população, mantendo assim a sustentabilidade do sistema.
A meta do PAT no RN é atender 3.400 famílias com a implantação de 57 barreiros e 147 sistemas simplificados de abastecimento de água.
Pelos convênios assinados entre o Ministério da Integração e o Governo do Estado, através da SEMARH, R$ 23 milhões serão destinados à implantação de sistemas simplificados de abastecimento d'água em comunidades e aglomerados rurais e R$ 3,8 milhões para a construção de barreiros.
Dos R$ 26,8 milhões que serão investidos, a contrapartida do Estado é de R$ 1,3 milhões.
fonte do blog de pauta aberta

terça-feira, 23 de agosto de 2016

CONTAG contempla proposta sobre Financiamento da Atividade Sindical












Diretoria da CONTAG e Assessoria da CONTAG estiveram na tarde desta terça-feira(23 de agosto), contemplando a proposta do deputado Bebeto (PSB-BA) sobre Financiamento da Atividade Sindical, que propõe nova contribuição a ser paga pelo trabalhador (sindicalizado ou não).

O Projeto de lei já foi desenhado nas suas linhas mestras, porém a conversa entre a CONTAG e o relator do Projeto, deputado Bebeto (PSB-BA), abre o diálogo para contemplar o segmento da agricultura familiar, bem como do assalariamento rural, pois são atividades diferenciadas. Por exemplo: o agricultor familiar não tem contra cheque, não tem 13º salário e por tanto não tem como se aplicar uma contribuição negocial. Hoje a contribuição do agricultor(a) familiar é sindical, correspondente a um dia de trabalho por ano, bem diferente do trabalhador (a) assalariado que tem o desconto na sua folha de pagamento mensalmente.
Depois de ter destacado a representação da Confederação diante do campo brasileiro e a importância da agricultura familiar na garantia da segurança alimentar do Brasil, produzindo 70% dos produtos saudáveis que estão na mesa do povo, o deputado Bebeto, ressaltou que ter a CONTAG na discussão do Projeto é fundamental, pois segunda ele, estamos vivendo no campo um certo dinamismo no assalariamento rural.

“É fundamental que a CONTAG se insira neste debate sobre a forma da sustentação material dos nossos Sindicatos Rurais e Urbanos. O debate feito pela Confederação e suas Federações certamente melhorará e aprimorará o Projeto que iremos levar para o Plenário. Estou a disposição da CONTAG nesse e em outros momentos, não só para discutir o financiamento sindical, mas para discutir sua agenda de desenvolvimento nacional”, destacou Bebeto.

O relator ainda destacou a importância da presença da CONTAG no Conselho Nacional de Autoregulação.

“Esperamos ter a presença da CONTAG no Conselho Nacional de Auto regulação, dado a experiência, capilaridade organizativa nacional e sua condição de debater temas referentes a organização dos trabalhadores(as) rurais”, destacou.

A previsão é que o Projeto seja levado ao Plenário no início de outubro, mas até lá, o tema ainda dever ser apresentado pelo deputado Bebeto para as Federações do MSTTR.

“Ficamos agradecidos pela disponibilidade do deputado Bebeto em abrir o debate com a CONTAG e nossas Federações. A partir de agora estaremos agendando um momento para que nossas Fetag´s possam ouvir e debater sobre o Projeto, inclusive com a presença do deputado Bebeto, onde a partir das discussões feitas, estaremos fazendo sugestões de aprimoramento, que poderão ser colocadas como emendas no Projeto”, afirmou o presidente da CONTAG, Alberto Ercílio Broch.
O deputado do PSB ainda pontuou que apesar do atual cenário de retrocessos pontuados por uma agenda regressiva do Governo Temer para diminuir o valor social do trabalho, as conversas referentes ao Projeto estão sendo feitas com os líderes partidários.

“Apesar do atual cenário de retrocessos de direitos, acreditamos que a matéria prosperará, pois ninguém quer o fim do MSTTR, pois há um entendimento nacional do valor que tem o Movimento Sindical para democracia, para a defesa de um projeto de desenvolvimento do Brasil, que inclui educação, saúde, reforma agrária, política agrícola, etc.”, afirmou.

Presente na reunião, o deputado Heitor Schutz, pelo PSB do Rio Grande do Sul, destacou a necessidade da CONTAG contribuir com o debate do Projeto.

“Eu fico feliz que a CONTAG venha aqui para dizer que tem opiniões para serem inseridas dentro desse Projeto, para fazer que as coisas aconteçam. Espera que a contribuição sindical tenha força para se estruturar e, os trabalhadores (as) possam ser bem representados(as)de um lado e a agricultura familiar, também”, Heitor Schutz, deputado federal pelo PSB.

FONTE: Assessoria de Comunicação CONTAG - Barack Fernandes

CONVITE PARA CONSELHO DELIBERATIVO DA FETARN

Resultado de imagem para CONSELHO DELIBERATIVO DA FETARN
Nesta quarta feira, inicia o CONSELHO DELIBERATIVO DA FETARN, e de acordo com a diretoria da FETARN, estamos contando com a presenças de centenas de sindicatos filiados a nossa federação, para discutirem assuntos de interesse da categoria e aprovações e deliberações para o segundo semestre do ano.
Este encontro vai ser de dois dias 24 e 25 de Agosto do corrente ano, onde os sindicatos debatem e tiram encaminhamentos para trazer para a base rural e repassar as informações para os agricultores familiares.
A FETARN tambem contara com a presença de entidades parceiras do movimento sindical durante o evento em NATAL/RN.

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Portal da CONTAG reúne subsídios para plataformas de candidatos(as)







As Eleições Municipais se aproximam e com elas vêm a esperança de renovação, mudança ou de continuidade para mais um ciclo de avanços e conquistas para os nossos municípios. A Eleição é um dos princípios básicos da democracia, permitindo aos eleitores e eleitoras, através do voto consciente, eleger seus representantes nos espaços de poder, neste caso para a Câmara de Vereadores e para a Prefeitura.

O grande desafio para as lideranças sindicais é articular e mobilizar os agricultores e as agricultoras familiares a participarem ativamente na eleição municipal, incidindo com firmeza no debate e na construção de propostas para as plataformas dos(as) candidatos(as) a vereadores(as) e a prefeitos(as) municipais, tendo por base os princípios do nosso Projeto Político, o Projeto Alternativo de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (PADRSS), assegurando o compromisso destes, em nível local, com o orçamento municipal para o desenvolvimento das atividades econômicas e produtivas, importantes e necessárias para a categoria (estradas, água potável, insumos agrícolas, armazém, ATER, moradia digna, energia elétrica e outros) e, em nível estadual e nacional, a posição contra a reforma previdência social, a ampliação dos recursos para a educação, saúde e segurança pública para as populações do campo, da floresta e das águas, a defesa na manutenção e ampliação das políticas públicas para a reforma agrária, para a agricultura familiar (PRONAF, PAA, ATER, PNAE, habitação rural, entre outras) e com a volta do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

Para auxiliar os STTRs e os candidatos e candidatas a construírem propostas e plataformas que dialoguem e assegurem o compromisso com os agricultores e agricultoras familiares, a CONTAG dispõe de um conjunto de informações que podem ser encontradas em seu portal, no link http://goo.gl/izu2NJ, como subsídios para a elaboração de propostas para as plataformas de candidatos(as), materiais sobre caixa 2 e tabela sobre limite de gastos em campanhas, entre outras.

Também deixamos disponível uma sugestão de Carta ao(à) Eleitor(a), a ser utilizada pelos companheiros e companheiras em apoio aos candidatos(as) do município realmente comprometidos com a agricultura familiar.

Vamos à luta e boa eleição!
FONTE: Diretoria da CONTAG

RN ESTUDA VIABILIDADE ECONÔMICA DE TRANSFORMAR ÁGUA DO MAR EM POTÁVEL



A estiagem prolongada pelo quinto ano consecutivo preocupa todo o Nordeste brasileiro. No Rio Grande do Norte não é diferente. Mas, é em meio a esse cenário que surge a esperança. Os dessalinizadores de água do mar podem ser a solução para transformar a água salgada (do oceano) em potável, e assim abastecer grande parte dos municípios potiguares – que são castigados pela seca.


A medida já está sendo estudada desde o ano passado pela Secretaria do Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), pelo Instituto de Gestão de Águas do Estado do Rio Grande do Norte (Igarn) e outros órgãos. De acordo com o titular da Semarh, Mairton França, o projeto é viável tecnicamente e já tem uma concepção pronta, mas é preciso avaliar a viabilidade econômica para o Estado.


A tecnologia já é aplicada em Israel. “A concepção está pronta. Mas, é preciso a regulamentação da lei que prevê o uso do percentual de 3% de energia eólica e solar para a dessalinização. Temos que definir procedimentos. Sabemos que é viável tecnicamente, só estamos avaliando se é viável economicamente”, afirmou Mairton.


Mairton conta que o Estado vem analisando o projeto desde o ano passado. Macau seria o município por onde se deve começar o trabalho. A cidade, que possui aproximadamente 25 mil habitantes, está localizada numa ilha, banhada pelo desaguar do rio Piranhas/Açu e o oceano Atlântico. Apesar de ser banhada por água, embora salgada, é uma das várias que sofrem com a estiagem.



“Esse projeto é de máxima importância para o Estado, no entanto não é a principal prioridade hoje porque estamos em calamidade e pela questão financeira – porque precisamos de recursos e o Governo Federal está um pouco fechado”, ressaltou o secretário.


Em contraponto a isso, por conta da reutilização da água salgada, Israel tem se destacado. O país sofria severa seca quando, em meados de 2007, através de incentivo do governo, quatro usinas dessalinizadoras foram instaladas. O país recicla 86% de seu esgoto doméstico e 55% deste é aplicado na agricultura. De fato, um exemplo, tanto é que em novembro de 2015 representantes da Semarh e Igarn foram a Israel conhecer de perto o que pode salvar os potiguares da seca.


Diante da atual situação hídrica não só do RN, mas do Nordeste, e as previsões climáticas negativas ao excesso de chuvas, o projeto de dessalinização da água salgada torna­se uma das principais alternativas para combater a seca.


Em conversa com o jornal MOSSORÓ HOJE, o secretário Mairton afirmou que os níveis dos reservatórios continuam em situação preocupante. A barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves, a maior do Estado, chega pela primeira vez na história a marcar 17% de sua capacidade total, que é de 2,4 bilhões de metros cúbicos de água. Já o açude Itans, em Caicó, só terá água para abastecimento até fevereiro de 2017. O reservatório está com apenas 5% de sua capacidade total, que é de 81,7 milhões de metros cúbicos. As regiões Seridó e Alto Oeste são as que mais estão sofrendo com a seca.
http://www.gilbertodias.com.br/
fonte do blog de venha ver noticias

Tribuna do Norte: Seca diminui 76,5% da reserva hídrica localizada no RN, revela reportagem


Em cinco anos, o estado do RN perdeu 76,5% de sua reserva hídrica. É o que revela matéria assinada pelo repórter Ricardo Araújo, publicada na edição de sábado (20) do jornal Tribuna do Norte.

Dos 3,2 bilhões de m³ de água acumulados em 47 reservatórios de superfície monitorados pelo Instituto de Gestão das Águas do RN (IGARN), atualmente sobram apenas 766,3 milhões de m³.

A reportagem ressalta que, do quantitativo que ainda resta nos mananciais hídricos do estado, a maior disponibilidade está localizada na Barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves, no Vale do Açu, que possui capacidade global de 2,4 bilhões de m³ e conta hoje com somente 289,2 milhões de m³.

É destacado que, se a realidade não mudar, a Barragem poderá entrar em volume morto até março de 2017.
fonte do blog de angicos noticias

terça-feira, 16 de agosto de 2016

22ª EXPOLAJES ACONTECE DIAS 2, 3 E 4 DE SETEMBRO.


A Cidade de Lajes, na Região Central do Estado, irá realizar nos próximos dias 2, 3 e 4 de Setembro, a 22ª Exposição de Caprinos e Ovinos do Rio Grande do Norte. – Expo Lajes.

Como de praxe, o evento realiza-se todos os anos no Parque de Exposição Deputado Nélio Dias, em Lajes e reúne o melhor dacaprinovinocultura.

A ExpoLajes tem grandes expectativas de expositores, torneios, competições, negócios e a presença em grande número de visitantes de todo o estado e do país.

O tradicional evento conta com a participação do sistema Faern-Senar.

Plano Novo Chico vai investir mais R$ 1,1 bi para revitalização do São Francisco


O Projeto de Conservação e Revitalização do Rio São Francisco prevê a retomada de 217 obras de sistemas de esgotamento sanitário e de abastecimento de água, e recursos da ordem de R$ 1,1 bilhão até 2019. A meta é beneficiar uma população de 16,5 milhões de pessoas em 505 municípios até 2026. O decreto de criação do Plano Novo Chico, como também é chamado, foi assinado pelo presidente em exercício da República, Michel Temer.
Com o novo projeto, a Codevasf passa a executar com fôlego novo uma ação que tem o objetivo não apenas de aumentar o volume de água disponível no São Francisco, mas também de melhorar sua qualidade. Ainda hoje, acontece a primeira reunião da Câmara Técnica do Plano Novo Chico e será presidida pelo Ministério da Integração Nacional. A câmara será responsável por propor ações, obras, metas, metodologias e sistemas de avaliação para o trabalho de revitalização do rio promovido pelo governo federal.

Desde 2007, foram R$ 1,3 bilhão investidos pelo governo federal e 847 mil pessoas beneficiadas na área de influência do Velho Chico. São 83 obras concluídas pela Codevasf, as quais beneficiam comunidades ribeirinhas de cinco estados: Alagoas, Bahia, Minas Gerais, Pernambuco e Sergipe. Outras 24 obras estão em execução.
Fonte: CODEVASF

fonte do blog de nossa terra

Comissão Nacional de Mulheres Trabalhadoras Rurais reúne-se na CONTAG em semana de celebrações e avaliações





A energia característica da Comissão Nacional de Mulheres Trabalhadoras Rurais deu o tom deste primeiro dia da reunião do grupo, que reúne diretoras e assessoras de Mulheres das 27 Federações até domingo (14) no CESIR, em Brasília.

Hoje (11) durante todo o dia e amanhã (12) até às 12h30, as participantes realizarão debates internos sobre os temas de sua área. A partir das 14h da sexta-feira, se juntarão aos cerca de 200 participantes do Seminário Internacional Movimentos Sociais e Educação Popular na América Latina: Perspectivas e Desafios da Atualidade.

Os objetivos desta reunião da Comissão Nacional de Mulheres Trabalhadoras Rurais é realizar a avaliação das Plenárias Regionais de Mulheres, realizar a preparação das Plenárias estaduais de mulheres em preparação para o 12º Congresso Nacional de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, em março de 2017 e realizar um balanço político dos 10 anos da Escola Nacional de Formação da CONTAG (ENFOC) sob a ótica das mulheres.



Como amanhã (12) é a data que marca os 33 anos do assassinato de Margarida Alves, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Alagoa Grande (PB) e símbolo da coragem, resistência e luta da mulher trabalhadora rural, a Comissão Nacional de Mulheres Trabalhadoras Rurais realizou, em sua mística, um momento em que as mulheres destacaram o significado da influência de Margarida para cada uma delas. Um ato em homenagem a Margarida também será realizado amanhã, entre as atividades do Seminário.

“Realizar as avaliações da Plenária e discutir a participação das mulheres no processo de formação sindical é muito importante para consolidar e fortalecer a luta nesse momento conjuntural tão difícil”, afirmou a secretária de Mulheres da CONTAG. Alessandra Lunas.

FONTE: Assessoria de Comunicação CONTAG - Lívia Barreto
fonte do blog de paulo jose

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Escola Nacional de Formação da CONTAG completa 10 anos de transformação política






FOTO: Verônica Tozzi




"A ENFOC veio para somar, agregar novos valores, fortalecer a luta e as nossas entidades, melhorar a atuação das nossas lideranças e a nossa prática, e aproximar as ações das Diretorias com os interesses da categoria. Os trabalhadores e as trabalhadoras rurais têm que se sentir agentes políticos, e a Escola proporciona isso!”. Foi assim que o secretário de Formação e Organização Sindical da CONTAG, Juraci Souto, descreveu em poucas palavras a contribuição da Escola Nacional de Formação da CONTAG (ENFOC) ao longo dos seus 10 anos de transformação do saber e da prática sindical.

Com a aprovação da criação da ENFOC, no 9º Congresso da CONTAG, em 2005, foi construída a Política Nacional de Formação (PNF), com os seus princípios, orientada pela Educação Popular, na consciência de classe e na utopia de construir um Projeto Alternativo de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (PADRSS).

Esse processo de construção da PNF e da Escola contou com o fazer de muitas mãos, de várias lideranças e militantes que aceitaram o desafio de se tornarem educadores(as) populares para espalhar a formação por todo o País, construindo a grande Rede de Educadores e Educadoras Populares da ENFOC.

A Escola foi inaugurada em 14 de agosto de 2006 e o seu nascimento ficou marcado pela plantação de um ipê pelas mãos da I Turma e da Diretoria da CONTAG.

A ENFOC segue um itinerário pedagógico de formação continuada, permanente. São realizados os cursos nacionais, regionais, estaduais, as formações nos polos e municípios, bem como os Grupos de Estudo Sindical (GES) em todo o País.

Portanto, com esse jeito de ser da ENFOC, lugar que pulsa e faz pulsar a militância, o saldo político desses 10 anos é bem expressivo, com o aumento da qualidade dos(as) militantes, das intervenções, do empoderamento e a descoberta de várias lideranças.

Um exemplo é a jovem, mulher e educadora popular Maria Guanamar Soares de Souza, presidente da FETAET. A dirigente participou da II Turma Nacional da ENFOC, quando ainda nem conhecia o trabalho da Federação e da CONTAG. Estava recém-chegada no Conselho Fiscal do Sindicato e se descobriu uma militante durante a formação da Escola. “Existe uma liderança adormecida dentro de você, e a ENFOC tem esse papel de transformação política, de passar uma nova visão e conhecimento. E é
esse conhecimento que vai libertando, que passamos a nos reconhecer, a conhecer o nosso meio e as polí ticas públicas. Aí começa o nosso empoderamento. A ENFOC faz com que você se entenda como sujeito.”

NÚMEROS DA ENFOC

Total de 5.822 educandos(as) nos seis itinerários formativos da ENFOC

Turmas nacionais: 623 pessoas

Turmas Nacionais de Formação para as Mulheres: 148 pessoas

Turmas regionais: 1.035 pessoas

Turmas estaduais: 3.737 pessoas

Turmas estaduais específicas para as mulheres: 279 pessoas

CELEBRAÇÃO

Na noite deste sábado (13) foi realizada a celebração dos 10 anos de aniversário da ENFOC. Entre místicas, discursos, lançamento de vídeo, ato em frente ao ipê plantado há 10 anos e momentos de confraternização, os(as) participantes puderam valorizar esse lugar de transformação política, reencontrar companheiros e companheiras, homenagear os protagonistas desta história, chorar, cantar e, inclusive, projetar os sonhos para daqui 10 anos. Foi plantada junto ao ipê uma "cápsula dos sonhos para 2026".

Para celebrar essa primeira década da Escola, a CONTAG produziu um jornal com pautas de interface de todas as Secretarias com a Formação. Para ler, basta clicar no link a seguir para baixar: http://goo.gl/sBp2Ex


FONTE: Assessoria de Comunicação CONTAG - Verônica Tozzi

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

O governador Robinson Faria e a secretária Julianne Faria assinam convênios da ordem de R$ 26,7 milhões com 128 associações de 58 municípios.

O governador Robinson Faria e a secretária Julianne Faria assinam convênios da ordem de R$ 26,7 milhões com 128 associações de 58 municípios. Os recursos, do projeto RN Sustentável, serão investidos em perfuração de poços, rede de adução e distribuição, além de reservatórios para acesso a água nas localidades. Serão contemplados 116 subprojetos de acesso a água e outros quatro de inclusão produtiva e 12 subprojetos de Empreendimentos Econômicos e Solidários. A ação terá 4.607 beneficiários diretos, sendo 2.582 mulheres e 895 jovens de todos os territórios do RN.

22ª ExpoLajes acontece dias 2, 3 e 4 de Setembro.

A Cidade de Lajes, na Região Central do Estado, irá realizar nos próximos dias 2, 3 e 4 de Setembro, a 22ª Exposição de Caprinos e Ovinos do Rio Grande do Norte. – Expo Lajes.

Como de praxe, o evento realiza-se todos os anos no Parque de Exposição Deputado Nélio Dias, em Lajes e reúne o melhor dacaprinovinocultura.

A ExpoLajes tem grandes expectativas de expositores, torneios, competições, negócios e a presença em grande número de visitantes de todo o estado e do país.

O tradicional evento conta com a participação do sistema Faern-Senar.
fonte do blog de angicos noticias

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Governo do Estado assina edital para ingresso de produtores na Central de Comercialização da Agricultura Familiar


Durante a manhã de ontem (01), no auditório da governadoria, o Governador Robinson Faria procedeu a assinatura do edital para o ingresso dos produtores na Central de Comercialização da Agricultura Familiar, prevista para entrar em operação ainda no mês de agosto.
Estiveram presentes representando a FETARN, o presidente da entidade Manoel Cândido, o segundo vice presidente Ambrósio Lins e os assessores Silvana Patrícia e Gilberto Silva.
Também participaram da reunião, os secretários de Estado, Raimundo Costa Sobrinho (SEARA), Guilherme Moraes Saldanha (SAPE) e Canindé de França (Esportes), além da superintendente da SESCOOP/RN, Sônia Rocha.
fonte do blog da fetarn